Cruzeiro nas Ilhas Gregas

Mykonos

Cruzeiro nas Ilhas Gregas

Ilhas Gregas!

Um “cruzeirista” que se preze, tem que ir às Ilhas Gregas num dos 3 primeiros cruzeiros que faça.

Depois de ter navegado no Mediterrâneo Ocidental nos anos de 2011 e 2012, em 2013 embarquei no navio Pullmantur Zenith com Tudo Incluído.

Foi a única vez que eu entreguei a mala no aeroporto (Barajas em Madrid) e só a vi à porta do camarote do navio. Os vôos e os transferes estavam incluídos. Valeu a pena!

Atenas, Grécia

Aterrei em Atenas e o transfere deixou-me no navio à hora de almoço. Fiz o check-in, almocei algo rápido no Buffet e dirigi-me à estação de caminho de ferro do Porto de Pireu para ir ao centro de Atenas ver a Acrópole. A estação fica cerca de 15 minutos a pé do terminal de cruzeiros.

Subi até à Acrópole que estava em obras como se pode ver na foto

Ilhas Gregas
Acrópole em Atenas

A vista de Atenas é fantástica!

Ilhas Gregas
Atenas vista da Acrópole

No navio – Zenith da Pullmantur

Regressei ao navio e fui até ao meu camarote interior que ficava na zona que eu chamo “o cu do navio” – deck mais baixo do navio e na popa. E foi a última vez que tal aconteceu. Estava eu no camarote a descansar quando de repente BAM BAM BAM ! o arranque do motor do navio fez abanar o tecto do meu camarote. “Está bonito….” pensei eu. Como vi que o problema não se resolvia por si só, fui ao Serviço a clientes.

Ficou confirmado o que eu dizia e mudaram-me para outro camarote. Não me lembro se era no mesmo deck ou se no de cima. O certo é que tive o meu primeiro upgrade como podem ver:

Ilhas Gregas
Camarote Exterior do Pullmantur Zenith

O funcionário ainda me perguntou se servia 🙂

Santorini, Grécia

No dia seguinte fui visitar um dos ex-libris dos cruzeiros – Santorini – a mais famosa das Ilhas Gregas.

O navio ficou atracado ao largo, como todos ficam.

Ilhas Gregas
Transfere para Santorini

Subi para a vila de Santorini num teleférico e andei pelas ruas até chegar à estação das camionetas para apanhar um autocarro até Oia, a vila que serve de postal à Ilha de Santorini.

Numa palavra: Fabulosa! Adorei as ruas estreitas (carros não podiam andar nem era possível), a arquitectura, as casas pequenas todas muito juntas.

Ilhas Gregas
Panorâmica de Oia
Ilhas Gregas
Sino em Oia

No regresso, já em Santorini, tive a triste ideia de descer a pé as longas escadas no meio do estrume dos burros que levam turistas para cima e para baixo em alternativa ao teleférico. Evitei pisar o estrume fazendo uns ziguezagues, mas ainda carimbei os sapatos. E o aroma durante a descida nem era agradável.

Ilhas Gregas
Burros de transporte em Santorini

Marmaris, Turquia

No dia seguinte, Turquia! Mais concretamente, Marmaris. Uma zona turística nobre que está cheia no Verão, podendo chegar a meio milhão de turistas.

Pode ler sobre Marmaris no site da Lonely Planet 

Ilhas Gregas
Praia em Marmaris – Turquia

O Navio só esteve uma manhã e eu dei uma volta pela vila em vez de ir a Rhodes. Visitei a parte velha e o Castelo.

Izmir, Turquia

Rumámos de seguida para Izmir (Esmirna) na Turquia. É a terceira maior cidade da Turquia e a mais ocidentalizada. Percorri a mesma num autocarro “Hop-on Hop-off”. Não me fascinou.

Ilhas Gregas
Izmir (Esmirna) – Turquia

Istambul, Turquia

No dia seguinte – Istambul.

Aqui tive companhia de compatriotas meus que partilhavam comigo o turno do jantar. Juntei-me a dois casais e fomos de táxi para o centro da cidade junto ao Hagia Sophia outros pontos de interesse próximos.

Ilhas Gregas
Vista de Istambul do Bósforo

Visitámos o Hagia Sophia, A Mesquita Azul, a Cisterna e o Grand Bazaar

Ilhas Gregas
Grand Bazaar – Istambul

Regressámos ao navio para jantar e no dia seguinte foi dia de navegação. Aproveitei para descansar durante a manhã.

Mykonos, Grécia

No dia seguinte foi outro ponto alto do cruzeiro: Mykonos

O navio ficou atracado junto à vila de Mykonos. Ruas estreitas como em Santorini. Uma coloração branca e azul que dão encanto à vila e o incontornável Pelicano de Mykonos.

Ilhas Gregas
Pelicano em Mykonos
Ilhas Gregas
Ruas estreitas de Mykonos
Ilhas Gregas
Moinhos em Mykonos- Grécia

Visitei a Ilha de Delfos, famosa na Antiguidade pelo Oráculo de Delfos. Leia mais sobre Delfos

Ilhas Gregas
Ruínas de Delfos

A viagem para Delfos foi feita num mar agitado e o ferry abanava de um lado para o outro. Mas diverti-me como se pode ver na foto, até o comandante aparecer e mandar-me retirar para dentro juntamente como fotógrafo japonês que me fotografou. Acreditem, o mar estava mesmo encrespado 🙂

Ilhas Gregas
Navegando no Mar Jônico encrespado

O regresso também foi épico. Foi num barco rápido que cortava as ondas para cima e para baixo. Como pode ver neste vídeo que fiz.

Foi uma viagem fabulosa. E não faltou no final o cheirinho típico de que enjoou da viagem (sabe o que quero dizer, certo?)

Loucura! Amei a viagem. Adorei o azul do Mar Jônico (Aegean Sea)

Despedi-me de Mykonos com esta paisagem. O mar a bater junto ao muro e a salpicar. Um companheiro de viagem é que me tirou esta boa foto.

Ilhas Gregas
Junto ao Mar em Mykonos

No dia seguinte, desembarquei em Atenas tendo ido directo para o Aeroporto no transfer da Pullmantur.

E terminou esta terceira experiência em cruzeiros realizado nas Ilhas Gregas e Turquia. Voltaria a Santorini dois anos depois, mas fica para uma próxima.

Continue a acompanhar as minhas viagens flutuantes 🙂

Acompanhe o blog no Facebook e Instagram.

Pedro Monteiro

 

 

Siga-me nas redes sociais
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.