De volta à Grécia e Adriático

Santorini na Grécia

Grécia e Adriático

O meu quinto cruzeiro levou-me de volta à Grécia e Adriático com a MSC Cruzeiros.

O Navio foi o MSC Musica e iniciei este cruzeiro pela Grécia e Adriático em Veneza, passando por Bari, Katakalon, Santorini, Napflion e Corfu na Grécia. Kotor no Montenegro foi a última paragem antes de Veneza.

Grécia e Adriático
MSC Musica

Este cruzeiro teve duas novidades:

A primeira foi que 2015 foi o ano em que fiz dois cruzeiros a exemplo de 2017 e a exemplo que vai ser em 2018. 2015 marcou o início da minha “profissionalização” neste modo de fazer férias 😉

A segunda foi que marquei um cruzeiro num camarote interior e …. tive um UPGRADE! Para varanda! Lembro-me que fiquei histérico de alegria.

Grécia e Adriático
O meu camarote

Não só tive o upgrade, como foi excitante o inicio da viagem em Veneza, onde fiquei 2 noites.

Veneza

Adorei perder-me nas vielas de Veneza à noite. Nunca mais me esqueço! E andar nos Vaporettos pelos canais de Veneza? Maravilha.

Grécia e Adriático
Ruelas à noite em Veneza
Grécia e Adriático
Campanário da Basílica e Palácio Ducal
Grécia e Adriático
Ponte dos Suspiros

A saída de Veneza é memorável. Recordo-me que era noite quando saímos (o cruzeiro foi em Novembro). Limitei-me a apreciar a passagem do navio em frente à Praça de S. Marcos na minha varanda e ver os edifícios iluminados. Usufruí do momento em vez de tirar fotos.

Dia 2 -Bari, Itália no Adriático

O segundo dia do cruzeiro levou-nos até Bari em Itália junto ao Mar Adriático. Apanhei um comboio turístico de nome “Trenino della felicità“. Foi um percurso bonito e com paragens para percorrer o centro de Bari e ver os principais pontos turísticos. Recomendo!

Grécia e Adriático
Bari

Dia 3 – Katakalon, Grécia

O terceiro dia levou-me à lixeira da Grécia: Katakalon. Ruas cheias de lixo em direção a Olympia que foi o local dos jogos olímpicos da Antiguidade. Fui num transfer do navio. A escala durou 5 horas.

Museu fechou às 15 horas….Foi uma corrida para ver o mesmo e depois vi com mais calma as ruínas.

Grécia e Adriático
Ruínas de Olympia

Se voltar a Katakalon não saio do navio.

Dia 4 – Santorini, Grécia

O dia 4 desta volta à Grécia e Adriático levou-me de volta a Santorini onde fiz companhia a 4 companheiros de turno de jantar e estive a mostrar Oiã onde já tinha estado num anterior cruzeiro

Desta vez não desci as escadas (leia a reportagem do anterior cruzeiro no link já acima). Subi e desci de teleférico.

No regresso tirei uma foto a este pôr-do-sol magnífico. E estávamos em Novembro.

Grécia e Adriático
Pôr do Sol em Santorini

Dia 5 – Napflion, Grécia

No final do dia anterior fomos surpreendidos com a noticia de que os trabalhadores do Porto do Pireu (porta de entrada em Atenas) iriam estar em greve no dia seguinte. Resultado, fomos a Napflion uma vila grega à beira-mar. Eu já tinha visitado a Acrópole em Atenas e queria ir pelo menos à praça Sintagma. Paciência. Fica para uma próxima oportunidade.

O navio ficou atracado ao largo e fomos todos nos botes salva-vidas para terra. Foi a primeira vez que andei num.

Napflion é pequeno e não tem nada de especial. É uma vila perfeitamente normal. Foi um local escolhido como último recurso. Mas sei que há um ou outro navio de cruzeiro que pára lá como escala programada.

Grécia e Adriático
Napflion

Dia 6 – Corfu, Grécia

A última terra grega a ser visitada foi Corfu. Andei pelo centro da cidade. Apanhei um autocarro público junto ao terminal e fui até ao centro da cidade onde percorri a pé a mesma e voltei a pé para o navio.

Grécia e Adriático
Forte em Corfu
Grécia e Adriático
Igreja no centro de Corfu

O castelo de Corfu estava fechado nesse dia, o que não dá para entender tendo em conta que estavam dois navios de cruzeiro no Porto.

Dia 7 – Kotor, Montenegro no Adriático

Navegámos de seguida para Kotor no Montenegro. Kotor está situado numa das zonas de maior pluviosidade da Europa. Chove muito. Mas nesse dia, o céu estava muito nublado, tinha chovido antes de atracarmos, mas não choveu durante o tempo que lá estivemos. Eu costumo ter muita sorte com o tempo. Raramente apanhei chuva nos portos de escala. Mas quando apanhei foi em grande (Muscat em Omã). Depois conto.

Voltando a Kotor, é uma vila junto às montanhas e gostei imenso de ter lá estado. Gosto de vilas antigas, rodeadas de muralhas e pedonais.

Grécia e Adriático
Muralhas em Kotor

Saí bem cedo do navio e apanhei o primeiro autocarro “Hop-on Hop-off” e visitei alguns locais perto de Kotor junto à Baía.

Grécia e Adriático
Vila junto à Baia
Grécia e Adriático
Igreja e ilhota na Baía

No percurso vimos uma igreja numa ilha pequena no meio da Baía. um cenário bonito. Foi um passeio bastante agradável.

Grécia e Adriático
Casa numa ilha no meio da Baía

De volta a Kotor percorri a vila. Seguem algumas fotos

Grécia e Adriático
Centro de Kotor
Grécia e Adriático
Vielas em Kotor
Grécia e Adriático
Muralhas pela montanha acima

A saída da Baía de Kotor foi bonita. Encontrámos algumas vilas junto à Baía no sopé das montanhas.

Grécia e Adriático
Vila na Baía de Kotor

Voltámos a passar pelas duas ilhas pequenas com edificios. A maior tem uma igreja.

Grécia e Adriático
Ilhas na Baía

E terminou este cruzeiro de volta à Grécia e Adriático. Chegámos a Veneza bem cedo. Levantei-me para tomar o pequeno almoço e já estávamos atracados, pelo que não vi a chegada a Veneza. Recolhi a mala no terminal e passei o dia em Veneza de onde parti para o aeroporto Marco Polo para regressar a casa.

Continue a acompanhar as minhas viagens flutuantes 🙂

Acompanhe o blog no Facebook e Instagram.

Pedro Monteiro

 

 

Siga-me nas redes sociais
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.