Preparação do Cruzeiro no MSC Seaview

Preparação do cruzeiro
Preparação do cruzeiro
Cruzeiro MSC Seaview Abril/Maio 2019

Hoje vou escrever sobre a preparação do cruzeiro que vou fazer no MSC Seaview com início a 27 de Abril e término a 4 de Maio de 2019.

O cruzeiro inicia em Barcelona, passando por Ajaccio (Córsega), Génova, La Spezia, Civitavecchia, Cannes, Palma de Maiorca e termina em Barcelona.

Percurso

Cumprindo uma regra fundamental para quem faz cruzeiros, irei para Barcelona no dia 26 de Abril, passando lá uma noite.

Aproveito e visito Barcelona, planeando usar um autocarro Hop-on Hop-off. Terei um dia inteiro.

Embarcarei no dia seguinte e usufruirei do navio o resto do dia, para o conhecer a fundo o mesmo.

A paragem em Ajaccio é por uma tarde pelo que, como já conheço Ajaccio, ficarei no navio.

Em Génova, irei a Portofino. Como a shore2shore me deixou pendurado sem excursão por falta de participantes, vou de comboio até Santa Margherita Ligure e aí ou apanho autocarro até Portofino ou então vou a pé pela rota costeira.

La Spezia – para mim o ponto alto. Vou às cinco vilas de Cinque Terre de comboio. Na volta deverei ir de barco.

Civitavecchia – vou até Roma em excursão pela shore2shore (aqui arranjaram um numero mínimo de participantes…)

Em Cannes irei visitar a cidade bem como Nice.

Em Palma, fico no navio.

Desembarco em Barcelona, onde deixarei a minha mala ao cuidado da Bagsandgo e vou visitar a cidade mais uma vez.

Se tiver alguma sugestão, coloque nos comentários abaixo ou no facebook.

O que levo

Na preparação do cruzeiro tenho que inventariar o que levo para não falhar nada.

Não sou pessoa de levar roupa específica para noites temáticas pelo que levo a roupa e calçado adequado para usufruir do navio e para as caminhadas que vou fazer especialmente para Portofino e Cinque Terre.

Um blazer e um par de calças de sarja claras para as noites de gala. De resto, vai ser ganga, camisas, um casaco da Quechua para a chuva (caso caia). Calçado mais formal para a noite de gala e desportivo para os passeios.

Medicamentos para dores de cabeça, problemas intestinais e dores musculares por precaução.

Tenho que levar meu portátil para escrever as crónicas do cruzeiro e da máquina fotográfica para as fotos, bem como a GoPro para as filmagens mais radicais (Viagens Flutuantes também está no Youtube). Baterias suplementares para a máquina fotográfica e a GoPro são um must. Elas acabam num instante e há que ter outras em stock.

Levo uma mochila para o dia a dia nos portos de escala onde armazeno as máquinas, documentos e uma garrafinha de água.

Documentação para o cruzeiro

Sem o passaporte, não embarco. É o documento mais importante

Tenho uma bolsa própria para guardar o passaporte, cartão europeu de doença, bilhetes do cruzeiro e de avião, assim como reservas de hotel, transfer, apólice de seguro de viagem, cartões de débito e crédito e dinheiro.

O cartão de crédito é essencial para que o navio não tenha que deixar centenas de euros de caução em numerário.

A nível de dinheiro tenho uma regra: levo apenas uma parte por dia deixando o restante no cofre do camarote.

Para finalizar, o mais importante “item” para um cruzeiro – alegria e boa disposição.

Boas viagens flutuantes 🙂

Acompanhe o blog no Facebook e Instagram.

Pedro Monteiro

 

 

 

Siga-me nas redes sociais
error

Agradeço seu comentário :)

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.