O que deve ter em conta ao reservar um cruzeiro

reservar um cruzeiro

Reservar cruzeiros – aspectos a reter

Neste artigo vou explicar os pontos importantes a ter em conta ao reservar um cruzeiro

1º – Vai sozinho ou com a família?

Se for sozinho, tem a possibilidade de poder ir quando quiser. Pode aproveitar a época baixa e média-baixa para reservar um cruzeiro a preços mais baixos do que na época alta.
Nestes moldes, um cruzeiro na Europa pode ser feito em Abril/Maio ou Setembro/Outubro/início de Novembro.
Se for com a família e partindo do princípio que tem filhos, só tem duas opções: Páscoa ou Verão. Recomendo a época da Páscoa para reservar um cruzeiro. Menos calor e menos turistas do que no Verão e o preço é um pouco mais baixo do que no Verão.

2º – Se for sozinho

A maioria das companhias de cruzeiros cobra um suplemento individual que varia entre 50% e 100% da tarifa contratada.
Há companhias como a Norwegian Cruise Line ou a Royal Caribbean que têm camarotes individuais e estes camarotes podem esgotar rapidamente. Se pretender ir a um cruzeiro específico, reserve com bastante antecedência. Não só consegue garantir o seu camarote como poupa por reservar com antecedência e poupa também no preço dos vôos.

Em alternativa, ocupa um camarote duplo a pagar individual.

Apesar de algumas companhias terem preços para individuais em camarotes individuais, o preço não é metade do valor para um casal.

Exemplo:

Vejamos este cruzeiro no Norwegian Epic no Mediterrâneo que inicia a 06-05-2018:

  • Para um casal de 35 anos, o cruzeiro custa 2.618 euros num interior IB (deck 11). Dá 1.309 euros por pessoa.
  • Para um individual em estúdio, o cruzeiro custa 1.659 euros.

Ou seja, há sempre um suplemento individual a ser pago. Neste caso o viajante solitário está a pagar 350 euros de suplemento.

Se o individual escolher um camarote interior IB, o preço é 1.911,50. Ou seja, compensa reservar em estúdio.

Se puder reservar um camarote com varanda, faça-o.

Outra hipótese de poupar é reservar uma cabine garantida e torcer para que obtenha um upgrade. Especialmente se reservar com antecedência. Fale com a sua agência de viagens.

Leia este artigo para saber o que é viajar sozinho(a)

Viajar sozinho num cruzeiro

3º – Viajar em família ou casal

Sendo eu um viajante solitário, recomendo camarotes com varanda ou suites, especialmente se tiver filhos.

Se for casal apenas, há imensas oportunidades de se obter preços excelentes para qualquer tipo de camarotes.

Subscreva newsletters das companhias. A MSC, por exemplo, lança promoções com Tarifa Azul, a mais barata que a MSC pode disponibilizar. Normalmente são lançadas com poucos meses (três, quatro) de antecedência em relação ao inicio do cruzeiro.

Também pode reservar um cruzeiro com uma cabine garantida e torcer para que obtenha um upgrade. Especialmente se reservar com antecedência. Fale com a sua agência de viagens.

4º – O que está incluído no preço do cruzeiro

É importante que saiba o que está incluído para não ter surpresas desagradáveis.

O cruzeiro, no mínimo, inclui:

  • camarote
  • pensão completa nas refeições nos restaurantes principais
  • utilização de piscina e jacuzzi
  • algumas bebidas disponibilizadas em  máquinas
  • espectáculos
  • animação gerida pela equipa respectiva da tripulação

Não está incluído:

  • SPA
  • Refeições em restaurantes de especialidade
  • Bebidas
  • Serviço de quarto
  • Algumas actividades do navio podem ser pagas (por exemplo cinema 4D ou simuladores de Formula 1)
  • Excursões e shuttles
  • Gorjetas

Há companhias como a MSC que não cobram serviço de quarto ao pequeno almoço se optar pela experiência fantástica ou acima.

A Royal Caribbean não cobra serviço de quarto em pequenos almoços continentais (pormenores aqui).

Gorjetas

As gorjetas aplicam-se por pessoa e camarote. Ou seja, se a gorjeta num cruzeiro de 7 noites for 10 euros por noite e se for um casal, então o valor das gorjetas a pagar normalmente no final do cruzeiro ascende a 140 euros (10 euros vezes 7 noites vezes duas pessoas). Se uma criança for com os Pais, também paga gorjeta mas o valor diário é inferior ao dos adultos.

Se fizer anos de casado ou se for em Lua-de-Mel ou aniversário, informe a companhia, pois a mesma poderá oferecer alguns “mimos”.

Regra de ouro: peça à sua agência de viagem para discriminar tudo o que está incluído e o que não está.

Também é importante não olhar apenas ao preço final do cruzeiro.

Por exemplo, a Norwegian à primeira vista tem preços mais elevados do que a MSC. Mas o cruzeiro da Norwegian tem tudo incluído mesmo as gorjetas à data a que escrevo este artigo.

Ou seja, tem que fazer sempre as contas e ver o que está incluído e o que não está.

Leia este artigo sobre a temática do Tudo Incluído:

Tudo Incluído significa Tudo Incluído? Saiba mais

Tente reservar um cruzeiro com os pacotes adquiridos: seja de excursões, seja bebidas. Assim tem os custos controlados.

Mais informação neste artigo:

Quanto custa um cruzeiro ?

5º – Pacote de Bebidas

Quando o cruzeiro não inclui pacote de bebidas, este tem que ser adquirido à parte. Um pacote de bebidas completo pode custar pelo menos 26 euros por dia por pessoa e em quase todas as companhias o pacote tem que ser adquirido por todos o que ocupam o camarote. Tenha isto em conta quando escolher o cruzeiro.

Nunca esqueça do seguinte: tudo o que é adquirido a bordo, é adquirido a preços bem mais elevados do que no café do seu bairro. Um sumo de laranja pode custar 1 euro no café, mas no navio custa 2,50-3,50 euros.

Se bebe bastante, considere a aquisição de um cruzeiro com pacote de bebidas.

6º – Reservar Excursões

Fazer excursões contratadas junto da companhia de cruzeiros pode custar o dobro do que contratada por uma companhia local. Garantidamente são mais caras.

As boas empresas de excursões têm garantias no respectivo site de que as mesmas regressam ao navio a tempo e horas.

Não tenha receio em recorrer a excursões locais. Além de serem consideravelmente mais baratas, o serviço é melhor.

Já experimentei excursões do navio e excursões locais. Compensa mais as excursões locais. Recorra a excursões do navio quando não tiver outra opção.

Se o navio atracar junto ao centro da cidade e só pretender visitar a cidade, então caminhe pela sua saúde :). Já fiz isto muitas vezes.

Outro método de conhecer os portos de escala é recorrer aos autocarros “Hop-on hop-off”. Muito deles param no terminal de cruzeiro. Entre num deles e “siga para bingo”.

Mais informações neste artigo:

Excursões – companhia de cruzeiros ou agências locais?

7º – Conselhos para reservar um cruzeiro

Se quiser obter o melhor preço possível, então reserve com muita antecedência especialmente nos seguintes casos:

  • Um cruzeiro específico e que não seja recorrente
  • Quer um camarote numa determinada zona do navio
  • Se é viajante individual devido ao facto de os camarotes individuais esgotarem rapidamente

Também pode esperar por promoções, mas estas aplicam-se mais a cruzeiros com muitos “turnarounds” ou seja como os cruzeiros que fazem o Mediterrâneo Ocidental semanas a fio. Esteja atento a campanhas como  a Tarifa Azul da MSC. E não se esqueça da questão dos vôos para o porto de embarque. Poupa no cruzeiro mas paga mais pelo vôo. Os vôos devem ser reservados com alguma antecedência para se obter os melhores preços.

Eu já reservei com um ano de antecedência dois dos dez cruzeiros que fiz e os que vou fazer em 2018. Pelo menos com 6 meses de antecedência recomendo a reserva de um cruzeiro para ter os preços optimizados.

Mais informações neste artigo:

Como obter o melhor preço para o cruzeiro

Divirta-se e bom cruzeiro 🙂

Acompanhe o blog no Facebook e Instagram.

Pedro Monteiro

 

Siga-me nas redes sociais
error

Um comentário em “O que deve ter em conta ao reservar um cruzeiro”

  1. [* Shield plugin marked this comment as “trash”. Reason: Failed GASP Bot Filter Test (checkbox) *]
    esta tudo correctissimo excepto que eu nao tinha as bebidas incluidas e nao fui obrigada a adquirir o pacote de bebidas, ia consumindo e pagando consoante nos apetecia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.